IEM comemora quase três décadas dedicadas à música.

O IEM não é mais uma criança... Nosso querido Instituto de Educação Musical completa 29 anos no dia 27 de abril de 2021 com novos desafios em tempos incertos, mas que trazem também a certeza de que o IEM vem escrevendo uma história rica e potente junto à educação musical na Bahia.

A Bela Adormecida da Amazônia GravaçãoCD com IEM Foto Cristina Damasceno

Em 1992 a educadora musical Carmen Mettig Rocha dava os primeiros acordes do IEM em Salvador. Era o início de uma trajetória que faria diferença na formação musical de muita gente. Muitos alunos passaram pelas quatro sedes do Instituto em aulas, concertos e apresentações que ultrapassavam os limites da própria escola, se expandindo para praças, igrejas, teatros e espaços públicos da cidade.

Concerto IEM - Música no Museu

Muitos deles viraram musicistas. Há também aqueles que criaram suas próprias escolas de música, o que nos enche de orgulho.

Outros guardam dentro de si a força das experiências artísticas transformadoras que demandam criatividade, desenvolvimento emocional e sensibilidade para a sua realização. A arte é assim. A música é assim.

Com emoção à flor da pela, criamos musicais como “Meu Sonho de Natal” (1995), “Fantasia Musical” (1996), “Broadway IEM Show” (1999) e “O Principezinho que não sabia sorrir” (2002). Mais recentemente, montamos os espetáculos “Tocando o Coração” (2017) e “Músicas do Mundo” (2018). Também gravamos discos, participamos de videoclipes, e viajamos em nome da música.

Broadway IEM Show - Musical do IEM

Sentir o entusiasmo dos professores e a colaboração dos pais em todos esses anos, a criatividade e a alegria dos alunos, o comprometimento da equipe de funcionários do IEM, todos focados na experiência de um sonho coletivo, nos dá a certeza de que esse caminho tem sido acertado em níveis que nem podemos medir nesses 29 anos.

Musical do IEM: Músicas do Mundo

Se o momento do mundo hoje apresenta desafios e nos traz instabilidade, não podemos abandonar a música, a alegria e a educação como elementos vitais para manter nossa conexão com a força no presente e a esperança no futuro. O IEM surgiu como um centro de educação humana através da música.

Nossos parabéns vão para cada estudante, professor, professora, pai, mãe, funcionário, colaboradora e artista que passou pelo IEM nesses muitos anos; para cada pessoa que dividiu seu talento para transformar o aprendizado em arte, e a arte em vida.

IEM Musical Tocando o Coração

Confira abaixo a homenagem que alguns professores fizeram para festejar nosso querido Instituto de Educação Musical com música, representando o quadro de incríveis educadores que vêm transformando a vida de nossos alunos em quase três décadas de arte.

1- Liana Falcão e Diego Esteves interpretam “Tema d' Amore”, de Ennio Morricone, do filme Cinema Paradiso

2- Marco Antônio Marchesini toca "Five Pieces for 2 Violins and piano: IV Waltz", de Dmitri Shostakovich

3- Lília Falcão e Paulo Novais de Almeida cantam “E più ti penso”, música de Ennio Morricone com letra de Giulio Rapetti e Tony Renis (tema do filme Once upon a time in America). Arranjo ao piano de Paulo Novais de Almeida.

Veja também a performance feita por alguns dos nossos alunos adultos, que também gravaram de suas casas um pouco do que vêm trabalhando em suas aulas de música on-line como homenagem ao IEM:

1. Maria das Graças O. S. Barbosa (aluna da Oficina de Violão) toca:
P. Tchaikovski – Old French Song A
Arranjo: Adriano Oliveira / Acompanhamento: Luzia Robatto

2. Ana Claudia Leal Schuler (aluna da Oficina de Violão) toca:
Bart Howard – Fly Me To The Moon
Acompanhamento: Luzia Robatto

Oficina de Violão: Profa. Luzia Robatto

3. Marta Cristina Maracajá Pereira (aluna da Oficina de Canto) interpreta:
Garota de Ipanema / Antônio Carlos Jobim e Vinícius de Moraes

4. Paulo Sérgio Mettig Rocha (aluno de Canto) interpreta:
Hello / Lionel Richie

Canto e Oficina de Canto: Profa. Lilia Falcão

Parabéns, IEM! Nós vamos fazer música.