Nossos Cursos


  • Música para Bebês;
  • Iniciação musical em diversas etapas;
  • Instrumentos (piano, violino, violão, bateria, flauta doce e transversal, canto para adultos);
  • Aulas de Solfejo (Percepção Musical);
  • Coral Infantil e grupo coral;
  • Oficina de Violão para adultos (música popular e grupo da melhor idade);
  • Alongamento para adultos;
  • Técnica Vocal (grupo coral) para adultos;
  • Pedagogia Musical para Educadores Musicais (Método Willems);
  • Atividades lúdico-musicais para professores de escolas regulares (turmas iniciais).


Música para Bebês

É antes mesmo de se expressar verbalmente que o bebê começa a interagir com as outras crianças, através de pequenas canções, de movimentos rítmicos, de danças, da manipulação de instrumentos musicais e brinquedos sonoros, numa experiência divertida e enriquecedora. O curso de Música para Bebês é dirigido a crianças com idades a partir de um ano e envolve um trabalho lúdico com instrumentos e objetos sonoros, através do qual a criança aprende a socializar-se vivenciando o ritmo, despertando a sensibilidade, exercitando a audição e trabalhando os reflexos, o que pode ajudá-la em seu desenvolvimento físico e psicológico como um todo – e não só no aspecto musical. O importante das aulas está também na experiência afetiva  do bebê, já que em cada momento ele se relacionará de forma direta com seu acompanhante, através de brincadeiras, do canto e de atividades musicais. O curso também orienta os pais sobre atividades a serem realizadas em casa, brincadeiras musicais e materiais disponíveis no mercado que estimulam positivamente o interesse musical das crianças.

Iniciação Musical (em diversos níveis)

Esta primeira etapa do contato com a música representa a vivência musical. É o momento no qual se desperta o interesse pela música através de aulas dinâmicas e lúdicas. A escola dispõe de um rico material pedagógico (livros, filmes, instrumentos, jogos etc) para o desenvolvimento auditivo e obedece as etapas progressivas do desenvolvimento psicológico da criança defendido pela Pedagogia Willems que o IEM adota.

Instrumento

São oferecidos os cursos de Piano, Violino, Flauta Doce e Transversal, Violão, Bateria e Canto). As aulas podem ser ministradas individualmente, em duplas ou em oficinas a partir de quatro alunos. Os alunos entram em contato com o instrumento, através de técnicas usadas para seu domínio e um amplo repertório envolvendo o universo de cada um deles, num processo sempre dinâmico e progressivo.

Solfejo (em diversos níveis)

É a alfabetização musical propriamente dita; é a continuidade do que foi vivenciado na Iniciação Musical. Trabalha-se a leitura e a escrita da música, o desenvolvimento mais aprofundado da audição, a prática dos intervalos das escalas e dos acordes, a transposição nas diversas tonalidades, o canto a duas vozes, a leitura à primeira vista, os estudos dos compassos, a regência, o ditado, a leitura em dois planos, a realização de arranjos e o exercício da criatividade. Cada programa tem a sua horizontalidade (progressão) e verticalidade (aprofundamento).

Canto Coral

Todos os pedagogos afirmam que cantar é a melhor maneira de expressarmos nossa sensibilidade. O Canto Coral exercita a independência auditiva, a afinação, a expressão artística, além de favorecer a disciplina, socialização e integração dos seus participantes. Tudo isso funcionando de forma  lúdica
e harmoniosa.
Pedagogia Musical para Educadores Musicais

No Método Willems, a teoria só aparece depois da vivência musical, relacionando os elementos constitutivos da música, como o ritmo, a melodia e a harmonia, às funções fisiológicas, à sensibilidade e à inteligência de cada aluno. Além disso, o Prof. Willems criou um material didático completo; livros, exercícios e métodos para solfejo e introdução ao piano que permitem uma progressão natural do aprendizado. Sendo o principal representante do Método Willems no Brasil, o IEM promove (a partir de seu calendário regular ou de solicitações de grupos, na Bahia ou em outros estados) cursos específicos para turmas de professores já iniciados no método ou para aqueles que estão em seu primeiro contato com a metodologia.

Curso para professores de escolas regulares

O ensino de música se tornou obrigatório nas escolas desde agosto de 2011, quando entrou em vigor a Lei 11.769. Mas até hoje faltam professores com formação adequada e projetos pedagógicos com reflexão mais aprofundada sobre os conteúdos a serem ministrados. No IEM também são oferecidos cursos de música para professores de escolas regulares, que tiveram que se adaptar à lei, mas que não possuem o conhecimento específico para o tema. O que fazer com alunos que gostam de ouvir, com os que querem compor ou ainda cantar e tocar? O professor precisa dominar um leque de atividades para atender a essas demandas.