Concerto IEMPB teste
Notícias
Concerto IEMPB

Está chegando! No próximo dia 26 de setembro, às 17h, o Instituto de Educação Musical apresentará no MAB – Museu de Arte da Bahia o seu “IEMPB”, um concerto-homenagem à nossa música popular brasileira envolvendo professoras, professores, alunas e alunos do IEM, que interpretarão juntos versões especiais de composições representativas do repertório popular nacional.

 

Estarão em cena as classes de iniciação musical, os grupos instrumentais, turmas canto e coral infanto juvenil do IEM. Cada professor fez suas escolhas musicais, pensou nos arranjos e ensaiou com seus alunos, que estão muito animados para dividir com o público o resultado dessa pesquisa artística. O Museu de Arte da Bahia fica no Corredor da Vitória (Av. Sete de Setembro, 2340) e nosso Concerto IEMPB tem entrada franca!

 

MPB pode significar duas coisas: é uma sigla derivada da expressão Música Popular Brasileira, e é também um gênero musical, um movimento surgido no Brasil em meados da década de 1960 a partir de uma produção musical inicialmente caracterizada por representar em suas letras e melodias uma crítica e contraponto à violência e às injustiças impostas ao país no período da ditadura militar.

 

Em meio a tantas injustiças e vetos nas formas de expressão, a MPB surgia levantando uma bandeira de protesto e exibindo a iniquidade daquele governo de forma subentendida nas letras, se tornando uma das maiores formas de resposta a esses bloqueios.

 

Depois acabou alcançando características mais abrangentes, através de compositores que abraçavam a sofisticação musical nacional, a fidelidade à música de raiz brasileira e o carisma das tradições regionais para falar também de outros tópicos.

 

Então o nome MPB pode, em determinados momentos, criar confusão por aparentemente se referir a qualquer música popular do Brasil. Mas, enquanto movimento cultural, não é bem assim.

 

No concerto IEMPB, optamos por um conceito de MPB que engloba tanto a riqueza rítmica brasileira – através da tradição do samba, do choro, da bossa nova, do baião –, quanto do talento que nossos compositores têm ao expressar sentimentos pelas palavras, ritmos e melodias, seja transmitindo emoções, contando histórias ou fazendo denúncias, criando obras artísticas que permanecem para muito além de seu tempo.

 

Viva a nossa Música Popular Brasileira! Viva a Cultura! Viva a Arte!

Museu de Arte Moderna da Bahia