Por que estudar música no IEM? teste
Notícias
Por que estudar música no IEM?

Iniciação Musical infantil no IEM - Foto Leto CarvalhoO Instituto de Educação Musical - IEM acaba de abria as incrições para suas novas turmas matutinas de Iniciaçaõ Musical dirigidas a crianças entre 6 e oito anos de idade. Alguns pais perguntariam: Qual a importância de matricular seus filhos tão cedo num curso de música? Ou ainda: Pra que estudar música se meus filhos não serão musicistas profissionalmente?

 

Bem, já está comprovado o papel da música na formação geral da criança, trabalhando  aspectos fisiológicos através do ritmo, da sensibilidade, da melodia e da inteligência. Além dos aspectos musicais, o contato com o aprendizado musical favorece a disciplina, a atenção, a socialização, o equilíbrio emocional, a autoestima e a criatividade. Tudo realizado em momentos ao mesmo tempo lúdicos e artísticos!

 

Várias experiências científicas confirmam o poder terapêutico da música, mostrando que poucas atividades exigem tanto do cérebro quanto o desempenho musical. Ou seja, tocar um instrumento põe em ação uma verdadeira “orquestra fisiológica” (músculos, olhos, ouvidos, memória, emoção), capaz de acordar nossos hábitos mentais congelados e fazer nossas mentes se movimentarem como habitualmente não são capazes. Isso significa dizer que os sons – e, consequentemente, o estudo da música – são capazes de evocar reações cerebrais estimulantes!

 

No caso da iniciação musical infantil, os resultados são sentidos para muito além do aprendizado de um instrumento: a criança (ou adolescente) entra em contato com a música e pode desenvolver a sua sociabilidade, sensibilidade, capacidade de concentração e memória, trazendo benefícios ao processo de alfabetização e até ao raciocínio matemático. Isso porque a música estimula áreas do cérebro não desenvolvidas por outras linguagens (como a escrita e a oral).

 

E quanto mais cedo se começa esse processo, melhores são os resultados conquistados. No IEM, por exemplo, são oferecidas turmas de música para bebês, onde um trabalho específico é feito com crianças (a partir de dois anos) e suas mães, visando uma etapa importante no desenvolvimento dessas crianças. Tudo feito a partir das atividades desenvolvidos pela Pedagogia Willems, que respeita as fases de aprendizado de cada faixa etária.

 

Venha conhecer o IEM. Nossa sede fica na Barra e, além das novas turmas matutinas de Iniciação Musical para crianças, temos cursos de música para bebês, aulas de instrumento (piano, violino, violão, bateria, flauta doce e transversal), canto, coral e solfejo, além de cursos específicos para professores, como Educação Musical para Escolas Regulares e Educação Musical Método Willems – este último indicado a educadores interessados em trabalhar em escolas de música.


As matrículas devem ser feitas durante os dias de semana, das 9h às 17h, na sede do IEM: Rua Florianópolis, 160, Jardim Brasil. Maiores informações podem ser conseguidas pelo telefone (71) 3034-3368 ou através do e-mail iem@musicaiem.com.br.

 

Sobre o Instituto:
O Instituto de Educação Musical completou 27 anos em 2019. Ele foi criado em 1992 pela musicista, compositora e educadora Carmen Mettig Rocha com o objetivo de ser um centro de educação humana através da música, para crianças e adolescentes. Suas aulas têm como base os fundamentos do Método Willems, criado pelo educador belga Edgar Willems e bastante utilizado em países como França, Bélgica, Alemanha, Noruega, Portugal, Espanha, Itália, Colômbia e Brasil, entre outros. A pedagogia Willems é hoje uma das principais ferramentas aplicadas ao ensino da música em todo o mundo e é também a base na qual a fundamentação educacional do IEM é ancorada, tornando o Instituto o principal representante do método no país. A Profª Carmen Mettig Rocha foi aluna do Profº Willems e é hoje representante do método no Brasil.