Como é fazer música no IEM? teste
Notícias
Como é fazer música no IEM?

O IEM propõe uma educação humana através da Música, segundo os princípios do grande pedagogo belga Edgar Willems, que esteve por três vezes aqui no nosso país, especificamente em Salvador, difundindo a sua pedagogia, já conhecida e adotada por diversos países europeus. A profª Carmen Mettig Rocha, diretora do IEM, após os diversos contatos com o eminente pedagogo através dos seus cursos, fez os exames necessários que lhe outorgou um diploma e o título de representante do Método no Brasil.


Assim, nossa escola segue as etapas progressivas de acordo com o desenvolvimento psicológico da criança. Primeiramente, a Vivência Musical; na segunda etapa, a Tomada de Consciência; e mais adiante a etapa da Vida Consciente, que já se refere ao conhecimento dos elementos da música, experimentadas nas etapas anteriores.


O Programa é visto tanto horizontalmente (progressivamente), quanto verticalmente (aprofundamento). Com esta vivência, o aluno desperta o seu interesse pela música, exercita a sensibilidade, fortalece sua energia vital através do ritmo (batimentos, exercícios de reflexo, coordenação e independência motora) e trabalha a audição com um vasto material sonoro, treinando paralelamente a respiração e a voz – tudo acompanhado por um rico repertório de canções. O movimento corporal tem também a sua devida importância, incentivando a realização dos movimentos básicos da locomoção e expressão criativa.


Além dos aspectos musicais, este trabalho favorece a disciplina, a atenção, favorece a socialização, o equilíbrio emocional, a autoestima e a criatividade. Tudo realizado em momentos ao mesmo tempo lúdicos e artísticos! Confira aqui alguns cursos oferecidos pelo IEM:

 

•    Iniciação Musical em diversos níveis;
•    Canto Individual / Canto Coral;
•    Cursos para professores de música;
•    Música para bebês;
•    Solfejo;
•    Instrumento: piano, violino, violão, bateria, flauta doce e transversal, além de oficina de violão e canto para adultos.

 

Para entender melhor como tudo funciona, vale à pena saber:

 

A Iniciação Musical

Esta primeira etapa representa a vivência musical. É o momento no qual se desperta o interesse pela música através de aulas dinâmicas e agradáveis. A escola dispõe de um rico material (inclusive  para o desenvolvimento auditivo) e obedece as etapas progressivas do desenvolvimento psicológico da criança.

 

*Oferecemos: Iniciação Musical para Bebês / Iniciação Musical  I e II (2 vezes na semana)

 

 

Cursos de Instrumento:

São oferecidos os cursos de Piano, Violino, Flauta Doce e Transversal, Violão, Bateria e *Canto (somente para adultos).
Modalidades: individual e em dupla / Oficinas de violão para adultos (no mínimo 4 alunos).

 

O Solfejo (em diversos níveis):

É a alfabetização musical propriamente dita; é a continuidade do que foi vivenciado na Iniciação Musical. Trabalha-se a leitura, a escrita, o desenvolvimento mais aprofundado da audição, a prática dos intervalos das escalas e dos acordes, a transposição nas diversas tonalidades, o canto a duas vozes, a leitura a 1ª vista, os estudos dos compassos, a regência, o ditado, a leitura em dois planos, a realização de arranjos e o exercício da criatividade. Cada programa tem a sua horizontalidade (progressão) e verticalidade (aprofundamento).

 

O Coral:

Todos os pedagogos afirmam que cantar é a melhor maneira de expressarmos nossa sensibilidade. O Coral exercita a independência auditiva, a afinação, a expressão artística, além de favorecer a disciplina, socialização e integração dos seus participantes.

 

Quer saber mais sobre nossos cursos? Clique aqui!